ENDEPT
cecília floresta

ângulos

cecília floresta

ângulos

estive pensando a fundo
em nossos ângulos obtusos
sobretudo quando se encaixam
produzindo movimentos fluidos
de se fazer perder
quando minhas íntimas ressacas
vertem sal em suas águas
que se não forem doces
outra coisa não poderiam

ora meu ventre se eleva
pra encontrar o seu
ou seus dedos tocam
o que ainda pode haver de inteiro
em mim por dentro
& minha língua saliva em seus pelos
os termos que criamos e dividimos
compondo novas formas vocabulárias

somos feitas assim
caudalosas por nossas mães
rebeladas nos escombros quadrados
deste mundo afora
embora nos encontremos
num vaivém sem pudor do tempo
sem a dor de nenhuma falta
& em triângulos transviados

posto que vanguarda
& quizila do comum senso
o encontro entre duas ou mais
bucetas
vulvas
vaginas
ditas-cujas
só poderia ser o que é:
revolucionário

estive pensando a fundo
em nossos ângulos obtusos
sobretudo quando se encaixam
produzindo movimentos fluidos
de se fazer perder
quando minhas íntimas ressacas
vertem sal em suas águas
que se não forem doces
outra coisa não poderiam

cecília floresta

cecília floresta

cecília floresta
Read more...
cecília floresta
Translation by
Traducció de
Von
.
.
übersetzt.
cecília floresta
afrodescende, é escritora, candomblezeira & sapatão. nasceu na capital paulista numa dessas manhãs de dezembro, fazia sol e o ano era 1988. ganha a vida editando livros, pesquisa narrativas e poéticas ancestrais iorubás e seus desdobramentos na diáspora negra contemporânea, lesbianidades e literaturas insurgentes. “poemas crus”, seu primeiro livro, foi publicado pela editora Patuá em 2016.
Leia mais...
cecília floresta
Translation by
Von
.
übersetzt.
cecília floresta
Mehr lesen...
cecília floresta
Translation by
Von
.
übersetzt.
back to poemsZurück zu Gedichteretornar aos poemas